Translate, traduzir

Elementos religiosos

Livres dos Fardos Religiosos

 

As diversas religiões do mundo antigo podem ser conhecidas graças aos diversos elementos religiosos preservados ao longo dos anos. O Enuma Elish, por exemplo, um longo poema da antiga Babilônia, que narra a história de vários deuses, é um elemento religioso importante para o estudo das crenças mesopotâmicas. [1].

 

 

clip_image002[1]

Desc.: Natal: um dos elementos tradicionais do cristianismo transformado. Data: Julho/2012. Autor: Maralvestos. Licença CC BY-SA.

Chamo de elementos religiosos todas as coisas que compõem as religiões como: relatos, crenças, doutrinas, dogmas, credos, preceitos, escrituras, artes, comemorações, construções, rituais, orações, cânticos, danças, profecias, etc.

 

Toda religião tem os seus elementos. A igreja Católica, por exemplo, tem a Bíblia, hagiografias (biografia de santos), imagens, templos, rosários, relíquias, comemorações diversas como o Natal e a Páscoa, vários dogmas como o da Imaculada Conceição de Maria e o da Santíssima Trindade, etc. [2], [3], [4], [5], [6], [7], [8], [9], [10], [11]. O judaísmo tem a Torá, a prática da circuncisão, sinagogas, etc. [12], [13], [14].

 

Em todo o mundo, nos diversos continentes, em todas as civilizações, encontramos coisas concretas ou abstratas relacionadas com a religião. Onde vive ou viveu o ser humano, tem algo sobre a sua religiosidade.

 

·       No Egito, ainda encontramos as pirâmides milenares, onde os egípcios enterravam os seus mortos, após o cumprimento de vários rituais. [15].

 

·       Na Grécia, temos as ruínas do Pártenon, um templo dedicado à deusa Atena. [16].

 

·       Na Palestina, deparamos com o Muro das Lamentações, um local sagrado, onde muitos judeus têm lamentado a destruição do segundo templo de Jerusalém. [17].

 

·       No México, em Teotihuacan, os turistas podem ver a grande Pirâmide do Sol com mais de 60 metros de altura e a Pirâmide da Lua com mais de 40 metros. [18], [19].

 

 

clip_image004[1]

Descrição: Torii, um dos símbolos do xintoísmo. Data: 19/09/2006.  Autor: MesserWoland. Fonte. Licença CC BY-SA.

·       Na Índia, encontramos pessoas banhando-se no rio Ganges, acreditando que as suas águas são sagradas. [20].

 

·       Na China, o Tao Te Ching é o principal livro do taoísmo. [21].

 

·       No Japão, o torii marca a entrada dos locais sagrados. [22]

 

·       Em Meca, na Arábia Saudita, deparamos com multidões fazendo peregrinações para cumprirem um dos cinco pilares do islã. [23].

 

 

clip_image006[1]

Descrição: Templo E - Selinunte, Itália. Templos são elementos muito comuns em quase todas as religiões. Data: 07/03/2004. Autor: Evan Erickson. Fonte e licença DP.

Demos apenas uns poucos exemplos. Existem muito mais coisas no universo religioso. Tudo preenche as religiões e igrejas, movimentam bilhões de pessoas em todo o mundo e um mercado de milhares de produtos e serviços, além de muitos empregos diretos e indiretos. Mas nada disso justifica a existência de certos elementos.

 

Multidões se tornaram escravas de muitas coisas que, na realidade, não trazem nenhum benefício para a humanidade. Há muitos elementos supersticiosos, contraditórios, aberrantes, fora do contexto, sem sentido, desnecessários e até danosos ou nocivos. Mas também há elementos sérios e confiáveis. Precisamos estudar, com calma e muito respeito, as diversas questões religiosas para podermos entender quais são os elementos bons para o ser humano e quais são aqueles que são desnecessários e até prejudiciais. Precisamos filtrar tudo com bom senso. É isso que estamos fazendo aqui.

 

Autor: Maralvestos Tovesmar. Este texto está disponível nos termos da licença CC BY-NC-ND. Pode ser copiado e distribuído, informando o autor e o link seguinte, mas não pode ser modificado e nem comercializado. Data: 2013. Veja outras mensagens em http://livresdosfardosreligiosos.blogspot.com.br